Bispos do RN saem em defesa da UERN e querem audiência com Robinson Faria

O Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha; o bispo de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz, e o bispo de Mossoró, Dom Mariano Manzana, estiveram reunidos, na manhã de hoje (05), na Cúria Diocesana, em Mossoró, ao lado do Padre Sátiro Cavalcanti Dantas e colocaram em pauta a situação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), bem como os atrasos salariais no serviço público estadual.

Os religiosos decidiram solicitar uma audiência com o Governador Robinson Faria para falar sobre a atual situação da universidade e a crise financeira a qual ela vem sendo submetida, além de discutir os atrasos salariais, que assombram os trabalhadores e trabalhadoras do RN desde janeiro de 2016.

Os Bispos se manifestaram através de uma nota assinada, onde reiteram seu apoio e compromisso com a UERN e com todo o funcionalismo público estadual. Veja o conteúdo completo da nota:

NOTA DOS BISPOS DO RIO GRANDE DO NORTE

Excelentíssimo Senhor

Robinson Mesquita de Faria

Governador do Estado do Rio Grande do Norte

             Não é de hoje que a Igreja Católica, como parte da sociedade potiguar, vem acompanhando as manifestações da sociedade em defesa da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN, as quais vêm ganhando cada vez mais notoridade, em função dos últimos acontecimentos, envolvendo servidores dessa tradicional Instituição de Ensino Superior e o Governo do Estado.

            No cerne de todo esse processo, está a luta por melhores condições de trabalho e estudos, além da permanência da UERN como instituição de ensino pública, gratuita e de qualidade, cujo legado revela seu importante papel no desenvolvimento do Estado do Rio Grande do Norte e na transformação social da população, deste estado, especialmente a mais carente. Mais recentemente, não deixando de considerar a relevância dos demais temas, a pauta reivindicativa dos que fazem a UERN, pelo que nos tem sido anunciado, gira em torno do pagamento, por parte do Governo do Estado, dos salários dos servidores, garantindo-lhes o direito de proverem a si e a seus familiares, por meio do seu trabalho, o que torna a causa legítima, justa e digna.

            Diante desse contexto e do entendimento de que a Igreja tem grande responsabilidade social, ao assumir uma postura ativa no desenvolvimento, entre os cristãos, do espírito de participação na construção de uma sociedade sempre melhor, mais justa e capaz de promover a paz e o bem-estar social, os Bispos do Rio Grande do Norte, reunidos, hoje, em Mossoró, vêm respeitosamente, solicitar a Vossa Excelência uma audiência para tratar da atual situação da UERN, assim como dos demais servidores e pensionistas do Estado. Nessa audiência, estaremos acompanhados de representantes  dos Padres do Estado.

            Mais do que buscar compreender a temática em tela, a Igreja Católica objetiva contribuir na construção de caminhos para a solução do problema que ora se apresenta.

            Antecipadamente, manifestamos nossos agradecimentos pela atenção em atender a esta demanda, colocando-nos à disposição.

Mossoró-RN, 5 de dezembro de 2017

Dom Jaime Vieira Rocha

Arcebispo de Natal

Dom Mariano Manzana

Bispo da Diocese de Mossoró

Dom Antônio Carlos Cruz Santos

Bispo da Diocese de Caicó

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *